RSS

Arquivos mensais: Março 2011

Quem se atreveria? Bolaño, claro!

O blog da New York Review of Books publica um delicioso artigo de Roberto Bolaño onde este confessava ter roubado livros quando era jovem e que eram esses os livros que mais apreciava.

Confesso que ontem tive essa mesma tentação numa livraria e, reflectindo bem sobre a minha relação com os livros, a verdade é que nunca roubei nenhum…

O Bolaño é que já cá não está senão pedia-lhe umas dicas…

 

The books that I remember best are the ones I stole in Mexico City, between the ages of sixteen and nineteen, and the ones I bought in Chile when I was twenty, during the first few months of the coup.

 

Anúncios
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 31 de Março de 2011 em livros

 

Etiquetas: ,

O Booker dos outros

O Guardian fez um óptimo artigo multimédia (como sempre faz nestes casos) sobre os finalistas ao Man Booker Prize International – lista onde Le Carré não quer estar por considerar que não escreve para ganhar prémios.

a ver aqui.

 
1 Comentário

Publicado por em 31 de Março de 2011 em Uncategorized

 

Etiquetas:

Ler agora e guardar para mais tarde

O Guardian, o Orange prize for fiction e a Vintage Classics perguntaram a 100 pessoas que livros gostariam de passar à geração seguinte (para ler aqui). Já o Telegraph sossega os leitores adultos e aconselha os livros que, apesar de todas as listas recomendarem, não são, na opinião de Iain Hillingshead, tão essenciais. Um dos meus favoritos aparece logo em número dois: 1984 de George Orwell. Só porque, na opinião do senhor, é responsável pelo sucesso da reality tv. Not enough I’d say mr. Hillingshead. Not enough…

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 30 de Março de 2011 em jornais, livros, Uncategorized

 

Etiquetas: , ,